Ponto de Cultura Salvamar

Aqui você acompanha todas as informações sobre o Ponto de Cultura Salvamar e sobre outros projetos culturais pelo país por meio de comentários, arquivos, documentos, links, etc.

29.4.06

Entrevista para o jornal mural da faculdade J.Simões

Entrevista -- Orlando Lopes
Jornal-Mural J.Simões
por Rosimara Marinho (rosimara.marinho@gmail.com)

1) O que é o Projeto Ponto de Cultura? Que ligação o projeto tem com a Salvamar?

O Ponto de Cultura é um convênio celebrado entre a Associação Salvamar e o Ministério da Cultura, através do Programa Nacional de Cultura “Cultura Viva”. O Programa “Cultura Viva” criou, com os Pontos de Cultura, uma rede nacional de produção e difusão cultural com o objetivo de estimular o protagonismo cultural e social nos mais diversos tipos de comunidades, e não apenas nos tradicionais “centros” culturais do país.

A Associação Salvamar é a principal parceira local do Ponto de Cultura. Ela forneceu cobertura jurídica para a celebração do convênio e cedeu recursos humanos e materiais durante o processo de planejamento e implementação. O Ponto de Cultura é uma iniciativa independente e autônoma em relação à Associação Salvamar, porém as ações do Ponto precisam ser compatíveis com a proposta de trabalho da Salvamar.

2) Qual o objetivo principal do Ponto de Cultura?

Promover a participação comunitária na preservação e manutenção de sistemas culturais locais, consolidando as redes de produção, distribuição e fruição dos mais diversos tipos de bens simbólicos na região norte do município de Guarapari. Estimular a disseminação de tecnologias de informação, a criação de suportes para registro e indexação de dados e informações sobre a região norte de Guarapari. Estimular o processo de autonomização comunitária e produtiva. A criação de uma Agência Experimental de Midiatização (Aemid) e de um Escritório de Captação de Recursos (ECR) tem, como principal objetivo, estabelecer estratégias e procedimentos que permitam a propagação de patrimônio cultural junto à sociedade civil e a instituições públicas e privadas.

3) Como será a estrutura do Projeto?

O Ponto de Cultura está dividido em três órgãos:
a) O Escritório Modelo de Mobilização de Recursos (EMMR), responsável por cuidar das questões administrativas do projeto e fornecer serviços de consultoria e assessoria administrativa junto aos parceiros (como a Associação Salvamar e as escolas da região) e beneficiários (como a Associação de Maricultores, ongs de interesse cultural e social, microempresas da região norte de Guarapari);
b) A Agência Experimental de Midiatização (Aemid), responsável pela realização de serviços de Assessoria de Comunicação, Produção de Eventos, Produção Audiovisual e Produção de Áudio. A função da Aemid é facilitar a circulação de informação entre os participantes do projeto e promover ações de produção e difusão cultural;
c) O Estúdio Comunitário para Ensaio de Grupos Musicais (ECEGM) será um espaço de convivência e formação técnica para jovens. Jovens músicos da região norte de Guarapari poderão ensaiar no estúdio, durante o período de baixo movimento turístico, e bandas de outras regiões do Brasil poderão participar de um programa de intercâmbio.

Além dos órgãos para prestação de serviços administrativos e comunicacionais, o Ponto de Cultura da Associação Salvamar desenvolverá um Programa Experimental de Extensão Acadêmica (PEEA) e um Programa Continuado de Formação Comunitária (PCFC). O PEEA será responsável pela integração e participação de estudantes universitários nas ações realizadas pelo PdC Salvamar, enquanto o PCFC trabalhará diretamente com a oferta de serviços culturais e educacionais para os moradores da região norte de Guarapari.


4) Onde entra o trabalho dos estagiários de Comunicação Social? Como e onde será a seleção?

A Agência de Midiatização será constituída por quatro núcleos, a serem mantidos pelos bolsistas de Comunicação Social:

Núcleo de assessoria de comunicação – os bolsistas desenvolverão atividades de redação jornalística e publicitária, relações públicas e institucionais
Núcleo de produção de eventos – os bolsistas trabalharão no planejamento e execução de eventos de pequeno, médio e grande porte, voltados para a educação, a cultura e o turismo, na região norte de Guarapari.
Núcleo de produção audiovisual e gráfica - voltado para o trabalho de captação, edição, produção de imagens, atividades de criação visual para produtos de mídia, criação e atualização de identidades visuais.
Núcleo de produção de áudio e sonoplastia - voltado para o trabalho de captação, edição, produção de áudio para espetáculos musicais e teatrais, trilhas sonoras para audiovisuais de ficção e documentários, audiolivros, etc.

5) Como será mantido financeiramente o Projeto Ponto de Cultura?

O financiamento para a implementação da primeira fase de implementação do PdC foi contemplado no convênio com o Programa “Cultura Viva”. Durante o ano de 2006, o EMMR e a Aemid empregarão estratégias de captação e mobilização de recursos junto a outras fontes de financiamento, além de desenvolverem produtos e serviços que tenham valor comercial.

Todo o “lucro” obtido com as atividades dos bolsistas será empregado na aquisição de equipamentos, material de consumo e custeio de novas bolsas para o PEEA, no ano de 2007.
.

2 Comments:

  • At 18/5/06 21:09, Anonymous Anônimo said…

    Great site loved it alot, will come back and visit again.
    »

     
  • At 20/11/09 20:27, Anonymous Anônimo said…

    necessario verificar:)

     

Postar um comentário

<< Home