Ponto de Cultura Salvamar

Aqui você acompanha todas as informações sobre o Ponto de Cultura Salvamar e sobre outros projetos culturais pelo país por meio de comentários, arquivos, documentos, links, etc.

26.8.06

Circuito de Leitura - Grande sertão: veredas

Estamos na Livraria Huapaya, realizando uma homenagem a Guimarães Rosa com a leitura integral do romance "Grande Sertão: veredas". A leitura se iniciou às nove da manhã, e se estenderá por todo o dia (e noite, e madrugada) de sábado e início do domingo.Quarenta "ledores" (ou mais!) se revezarão em blocos de leitura de aproximadamente meia hora. De acordo com a proposta de leitura apresentada pelo ator Cesar Huapaya, tentaremos enfatizar os aspectos performáticos do contato entre os leitores, o texto e os ouvintes, buscando não o espetáculo mas a experiência da leitura. O áudio está sendo gravado, para ser posteriormente editado como audiolivro e distribuído para o público em geral e deficientes visuais.Se você estiver nas imediações de Jardim da Penha, em Vitória, pode participar da homenagem visitando a Livraria e Editora Huapaya, que fica na praça Wolghano Netto. Até lá! Quer dizer, aqui!

21.8.06

Concursos e Prêmios Literários

No Brasil e no exterior são realizados anualmente centenas de concursos e prêmios literários em língua portuguesa. A idéia deste portal é reunir em um único endereço na Internet tudo sobre o assunto. Os concursos e prêmios nacionais, anuais e de grande porte, terão espaço permanente na home do portal. Já os regionais, os de menor porte e ainda os ocasionais serão destaque durante o período de inscrições e resultados. Concursos e Prêmios Literários pertence ao portal Amigos do Livro.

concursosliterarios@concursosliterarios.com.br

www.concursosliterarios.com.br

19.8.06

O Filho da Pauta

Uma história de amor embalada pela trilha sonora de Odair José e um elenco formado por professores e alunos da Faculdade J. Simões de Guarapari. O curta metragem “O Filho da Pauta” é atração principal da sexta cultural. A festa que mistura música, teatro e exposições chega a sua 3ª edição e promete movimentar o campus em Colina Verde. Começa às 7 da noite na sexta, dia 25. A entrada é franca. Confira a programação:

* exibição do curta metragem “O Filho da Pauta”
* show de Cláudio Ferreira e Rogerinho do Cavaco
* peça teatral das alunas do curso de Pedagogia*exposição de quadros do pintor Ivan Castilho
* lançamento do segundo folhetim literário “Palavra”

14.8.06

Os nossos voluntários em Vassouras - RJ

Renato mostrando o interior das "cobaias".

Deyvid observando para aprender.

Renato auxiliando no conserto de pcs.


Aconteceu em Vassouras - RJ, do dia 31/07 ao dia 06/08 o Encontro de Conhecimento Livre no Colégio estadual Santa Rita. Cerca de 100 integrantes e coordenadores de 30 Pontos de Cultura do Estado tiveram atividades teóricas e práticas de produção audiovisual, produção gráfica, áudio e metareciclagem. Além das oficinas, a programação do encontro contou ainda com palestras, shows culturais e debates.

Nas fotos dois dos voluntários do PdC Salvamar, Renato Ferraz (de camisa verde) e Deyvid Magri.

Abaixo um pequeno relato de Deyvid sobre sua ida ao encontro:

Qual o aprendizado que você teve nesse encontro?
- Aprendi a trabalhar com metareciclagem, aproveitando peças e computadores que julgava não ter mais utilidade.

De que forma o que vocês aprenderam auxiliará no cotidiano do PdC Salvamar?
- Poderemos utilizar na melhor construção do laboratório de informática e para melhor aproveitamento de computadores.

11.8.06

Programação Off Flip poderá ser vista on line

09/08/2006
Estado de São Paulo - Ubiratan Brasil

A cada nova versão da Flip, um circuito paralelo de idéias que difunde a cultura de Paraty ganha mais força - trata-se da Off Flip que, neste ano, ganha um Prêmio de Literatura, na categoria poesia, além de permitir a leitura de textos inéditos.Com apoio da editora Nova Fronteira, o evento contará com novos autores nascidos em países periféricos que lançam novos olhares sobre as culturas e os falares do mundo. Os convidados são Faiza Guène (França-Argélia) e Uzodinma Iweala (EUA-Nigéria).Outro importante debate vai discutir as dificuldades de publicação e as alternativas oferecidas pelo mercado editorial. Participam escritores (Marcelino Freire, Micheliny Verunschk e Flávio Corrêa de Mello, da revista Bagatelas), além de agentes literários e editores.

E o homenageado pela Off Flip será o cartunista Henfil, que terá uma exposição com 50 de seus mais expressivos trabalhos, além da exibição de um vídeo com os trabalhos feitos para TV. Serão exibidos ainda entrevistas, depoimentos e homenagens feitas por ocasião de sua morte e a exibição de seu filme Tanga (Deu no New York Times).

Outra novidade será a transmissão digital ao vivo via internet da Off Flip, pela recém-criada Web TV Paraty, cujas câmeras estarão circulando pela cidade captando a movimentação em torno do evento, durante os seus cinco dias de duração. Entrevistas com escritores, celebridades e personalidades locais, os bares, os cafés, além da cobertura de toda a programação estarão disponível no
site.

9.8.06

Promoção da Cidadania e da Integração Nacional

07/08/2006 Ministério da Cultura - Marcelo Lucena [04.08.06]

O ministro da Cultura, Gilberto Gil, e o presidente do Conselho Nacional do Serviço Social do Comércio (SESC), Antônio Oliveira Santos, assinam Protocolo de Intenções que firma a união sociocultural entre as instituições. A cerimônia será realizada nesta segunda-feira, dia 7 de agosto, às 13h, na sede da Confederação Nacional do Comércio (CNC), no Rio de Janeiro, localizada na Av. General Justo, n° 307. Também estará presente à solenidade o secretário de Articulação Institucional do Ministério da Cultura, Márcio Meira.

A iniciativa tem o objetivo de estabelecer parcerias técnicas e operacionais para o desenvolvimento de ações conjuntas que favoreçam o acesso a bens e serviços culturais. E, também, o de contribuir para a qualificação das relações e o desenvolvimento da condição humana, promovendo a cidadania e a integração nacional, no âmbito da cultura e dos interesses institucionais comuns.

As instituições se comprometem ao esforço cooperativo voltado para o desenvolvimento das atividades. Como por exemplo, gerar iniciativas para apoiar o desenvolvimento social com pleno exercício dos direitos sociais e respeito à diversidade cultural do país; garantir a implementação integrada de programas e projetos de formação e aprimoramento de setores e instituições culturais; e o desenvolvimento de projetos de difusão, reflexão e descentralização na área da gestão e da promoção cultural.

Fonte

Funarte coloca acervo na internet

07/08/2006
Folha de S. Paulo - RAQUEL COZERO

Projeto Pixinguinha, organizado pela Funarte (Fundação Nacional de Artes), deu pano para manga desde que surgiu, em 1977, tanto por trazer novos nomes da música nacional, como Djavan e Cássia Eller, quanto por promover memoráveis (e improváveis) encontros no palco, como Johnny Alf e o grupo A Cor do Som. Os shows foram interrompidos em 1997, voltaram em 2004, e, de lá para cá, seus registros em fitas cassete resistiram ao tempo nos arquivos da Funarte.Nunca lançado em disco, o material passa direto para a era virtual. Mais de 4.000 canções interpretadas no projeto poderão ser ouvidas a partir de hoje no portal Canal Funarte, no endereço www.funarte.gov.br. Na página, terão vizinhos igualmente nobres, também saídos do acervo da instituição.

Entre o mais de um milhão de itens que a Funarte adquiriu em 30 anos, foram selecionadas cerca de 20 mil imagens e 23 mil músicas. O portal sediará preciosidades como os prestigiados 65 álbuns da Coleção Funarte, com composições de gente como Garoto e Custódio Mesquita em interpretações de Ney Matogrosso, Marlene e outros, e fotos de peças de teatro montadas no Rio dos anos 40 aos 80 (veja destaques ao lado).

O Canal Funarte, diz Vitor Ortiz, diretor do Centro de Programas Integrados da Funarte (Cepin), foi criado para ajudar no cumprimento de uma das finalidades da instituição: difundir a produção cultural do país. "Significa que uma parcela da arte nacional que até então estava restrita a quem ia pessoalmente à nossa sede, no Rio, estará ao alcance do mundo inteiro", diz Ortiz.

A exemplo do que acontece em outros acervos sonoros virtuais, como o do Centro Cultural São Paulo (CCSP) e o do Instituto Moreira Salles (IMS), as músicas ficarão disponíveis apenas para audição, e não para download. Isso acontece em respeito aos direitos autorais dos artistas envolvidos nas gravações -a Funarte assinou um contrato com a Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) para pagar os direitos referentes a cada música. Estas entrarão aos poucos na programação da rádio, que será atualizada semanalmente.

Levar o material para a internet é o movimento final de um trabalho -ainda em andamento- que inclui a digitalização e catalogação do acervo. Para isso e para a criação do portal, a Funarte recebeu um patrocínio de R$ 2 milhões da Petrobrás via lei de incentivo. "A parte mais difícil é tratar, digitalizar e catalogar. Muitos dos negativos, por exemplo, estavam em envelopes sem nenhuma informação", conta Paulo Cesar Soares, coordenador artístico do Canal Funarte.O portal deve servir ainda como instrumento de pesquisa. "Ele terá um papel de prestação de serviços, incluindo dados sobre leis de incentivo Brasil afora e informações sobre teatros no país", diz Antônio Grassi, presidente da Funarte.

Fonte

Varal de poesias no Vagão de Manguinhos

Pra quem não conhece, vale a pena conhecer. Pra quem já foi, vale a pena repetir: Sábado, dia 12, teremos mais uma edição do
Varal de poesias no Vagão de Manguinhos
Tema: Gestação e Gesto
Homenagens: Cecília Meireles e Mário Quintana
A partir das 13 horas

Convidados
Adilson Vilaça Aline Yasmin Ângela Buaiz Cida Ramaldes Cláudia Colares Eduardo Valente Fabíola Colares Ítalo Campos Jô Drummond Kênio Freitas Luana Laux Magda Lugon Marcos Bentes Maria C. Schineider Marina Zanchetta Milson Henriques Neuza Maria Rachel Martins Raquel Mattedi Renata Pignaton Renato Fraga Ronald Alves Tiago Rodrigues Viviane Mosé Walter Faé Wanda Alckmin

Participação especial
Escola Clóvia Borges Miguel - Serra
Convidados Intercâmbio Cultural
Claufe Rodrigues e Mano Melo
Mestres de cerimônias
Gerusa Conti e Milson Henriques
Iniciativa
Estação Primeira de Manguinhos
Apoio
Prefeitura da Serra e CST Arcelor

4.8.06

Fachadas dos PdCs!!!


Taí. Se você também tava morrendo de curiosidade pra saber como são os PdCs que estão rolando "Brasilafora", pegue este desvio, e divirta-se!

A revista NÚMERO está on-line

Macunaíma: Ministro da Cultura do Brasil

2.8.06

Plano Anual de Capacitação dos servidores da Cultura

27.07.06
PAC 2006
Plano Anual de Capacitação dos servidores da Cultura

O Plano Anual de Capacitação (PAC) tem como objetivo dotar o Sistema MinC de uma força de trabalho qualificada em nível gerencial e técnico, para desempenhar as competências institucionais dos órgãos e entidades que integram o Sistema Federal de Cultura no âmbito do Poder Executivo, principalmente no que se refere à promoção do desenvolvimento cultural da sociedade brasileira.

PAC 2006 Solicitação de Capacitação e Desenvolvimento

Informações: desenvolvimento.pessoas@minc.gov.br.

Imagem e história em movimento

01.08.06

Projeto de documentário “A Velha Casoni”, do Ponto de Cultura Casa das Fases, promove oficina gratuita de vídeo e memória em Londrina

Começa nesta quarta, 2, a oficina Imagem e História em movimento, atividade do projeto de pesquisa, formação, produção e circulação audiovisual “A Velha Casoni”, do Ponto de Cultura Casa das Fases. A oficina conta com 23 participantes inscritos: pioneiros da cidade de Londrina, pessoas que moram na Vila Casoni ou têm relação com o bairro, e interessados na linguagem audiovisual. Durante os trabalhos, serão produzidos três curta-metragens em vídeo digital e um documentário abordando a história e o cotidiano da Vila Casoni, um dos mais antigos bairros de Londrina.

Rodas de histórias e entrevistas serão a base para os roteiros; exercícios de integração, improvisação e expressão servirão para estruturar e ensaiar as cenas. As atividades serão uma forma de interação-intervenção social dinâmica, integrando idosos, jovens e crianças no fazer artístico-cultural a partir da memória e criação coletiva. As gravações dos curtas serão interferências audiovisuais no bairro, realizadas em locações de valor histórico e social para a comunidade, tendo como atores os participantes da oficina e como tema as histórias contadas por eles.

A Velha CasoniA pesquisa histórica e cultural está sendo desenvolvida desde abril pela equipe da Casa das Fases, aproveitando as ferramentas audiovisuais como oportunidade ímpar de registrar o fluxo da vida, seus efêmeros movimentos. O objetivo é a valorização da história do espaço social e de sua gente - através de um registro poético de espaços coletivos e de histórias e memórias individuais. As exibições dos audiovisuais produzidos serão realizadas a partir de setembro em escolas públicas, grupos de idosos e centros comunitários da região, além de exibições no centro de Londrina.Interessados em participar da oficina podem comparecer no Colégio Willie Davids a partir das 14h ou entrar em contato pelos telefones (43) 3347-1738 / 9956-3850 / 3325-8757 ou pelo e-mail casadasfases@yahoo.com.br. A participação é gratuita.

Para saber mais sobre o trabalho da Casa das Fases acesse o site.(Sara Correia)Assessoria de ComunicaçãoSecretaria de Programas e Projetos Culturais(61) 3901-3815

Sarau na quebrada

Revista da Folha - 30/7/2006
por Joca Reiners Terron

Ao contrário de outros tempos, a literatura não tem mais a relevância social que já teve, e cada vez mais o ato de produzi-la perde sua condição de ofício. Na periferia, o escritor é o ornitorrinco, um "outsider" que escapa aos padrões de seu habitat. De que serve, ali, algo que não é ofício? Como esses escritores são solitários. Sacolinha e Alessandro Buzo são ornitorrincos que exercem sua esquisitice na Cooperifa, grupo de escritores da periferia que edita seus próprios livros e promove leituras, criado em 1999 pelo poeta Sérgio Vaz, 42, ex-auxiliar de escritório, no bairro do Pirapozinho, zona sul de São Paulo. Criar bibliotecas também é a maneira de fazer revolução arranjada por Maria Nilda Mota de Almeida, a Dinha, 27, poeta, formada em Letras pela USP. Assim como Sérgio Vaz, Sacolinha e Alessandro Buzo, eles não são o tipo de gente convidada para a Flip (Feira Literária Internacional de Parati). Mas criaram outra, à sua imagem e semelhança: a Flap, que em vez da bucólica Parati ocupa o concreto da praça Roosevelt.
Clique aqui e leia trechos de obras de Buzo, Sérvio Vaz e Dinha.

>> Leia mais

Falcatrua Séria

Ana Murta · Vitória (ES) ·
31/7/2006

No fim de 2003, quatro estudantes da UFES interessados em exibir filmes, criaram um projeto de extensão chamado Videoclube Digital Metrópolis. A idéia era promover sessões independentes de cinema, sem linha editorial, cuja prioridade máxima era o usufruto da exibição.